Cabeça nas nuvens



Há dias que passam sem deixar qualquer rasto ou impressão em nós. Seja porque temos a cabeça nas nuvens ou porque simplesmente desvanecem das nossas memórias.
Andar com a cabeça nas nuvens, nem sempre é por boas razões, às vezes a cabeça enche-se de preocupações, stresses, tarefas que deviam estar feitas ontem... Mas também perdemos a cabeça para as nuvens quando estamos felizes, em estado de êxtase, quando pairamos num limbo de ansiedade feliz.
E como é sábado, podemo-nos deixar envolver pelo sol (que já espreita) e deixar a cabeça fugir para as nuvens.

Sem comentários:

Enviar um comentário